Urbes cede espaço para ação em prol da campanha Março Roxo:


24/03/2022


Durante a tarde desta quinta-feira, 24 de março, a coordenadoria do curso de Terapia Ocupacional da Universidade de Sorocaba (UNISO) em parceria com o CRAS João Romão realizou uma ação para a campanha Março Roxo, que busca conscientização em relação à epilepsia.


Celebrado anualmente em 26 de março, o Dia da Conscientização da Epilepsia, ou Dia Roxo, foi criado para aumentar a compreensão do público sobre essa condição neurológica anormal e eliminar o preconceito que o cerca. Conforme dados da Liga Brasileira de Epilepsia, a doença afeta 2 a 3% da população e cerca de 70% têm crises epiléticas controladas por medicação.


Para que as ações em prol deste dia fossem ampliadas cada vez mais, a Urbes - Trânsito e Transportes cedeu espaço no Terminal São Paulo para divulgação de informações acerca deste assunto muito importante e sério.


Segundo a coordenadora do curso de Terapia Ocupacional Da UNISO, profª Lilian Zanoni Nogueira, a principal pauta dentro da conscientização é a erradicação dos preconceitos que cercam a epilepsia: “Ainda existem pessoas que acreditam até que a epilepsia, e consequentemente as convulsões, são fruto de uma possessão demoníaca.E isso pode ser muito nocivo em relação aos tratamentos da epilepsia como um todo”.


Nas falas da coordenadora, não existe um padrão nas convulsões que acontecem, nem mesmo tempo determinado para cada uma delas: “As convulsões não seguem um padrão. Ao passo que uma pessoa pode ter uma crise mais leve, onde ela apenas paralisa, em outro momento, essa pessoa pode chegar a ficar inconsciente. A única opção é o controle através de medicação e tratamento”. 


A ação dentro do terminal começou às 14 horas e foram distribuídos panfletos com informações sobre a epilepsia e sobre as convulsões. Quem quiser saber mais sobre este assunto, pode acessar a página do Instagram do CRAS, onde existem muitas informações sobre o trabalho do CRAS em parceria com a Terapia Ocupacional.


Caso alguém encontre uma pessoa que esteja em convulsão, a professora Lilian orienta a manter a calma, isolar a pessoa, retirar objetos que possam machucar a cabeça e chamar o SAMU: “Não se deve colocar nada na boca de alguém ou qualquer outro objeto que possa machucar”.

 


 




CANAL DE ATENDIMENTO

(15) 3519-3100

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta das 8h às 17h - Multas das 8h às 16h30

ENDEREÇO

Rua Pedro de Oliveira Neto, 98 - Jardim Panorama - CEP 18.030-329 - Sorocaba/SP